Empreender ou continuar no trabalho atual? Confira algumas dicas para se decidir!

6 minutos para ler

Ser seu próprio chefe é o objetivo de muitas pessoas que anseiam por independência profissional e financeira. Contudo, decidir entre empreender ou continuar no trabalho atual é uma escolha que requer cuidados, já que as duas opções oferecem benefícios e riscos.

Na maioria das vezes, os aspirantes a empreendedor ficam na dúvida entre aceitar ganhar pouco em troca de estabilidade e segurança oferecidos em um emprego com carteira assinada e trabalhar com aquilo de que realmente gostam, ter a possibilidade de ganhos maiores, mas lidar com a instabilidade do mercado.

Você se encontra nessa situação? Confira, abaixo, o que saber para se tornar um empreendedor, quando é o momento certo para tomar essa decisão e como começar seu negócio!

O que saber antes de empreender?

Sem dúvidas, essa é uma decisão que pode mudar sua vida por completo. Levando isso em consideração, é fundamental se preparar para evitar surpresas desagradáveis no meio da sua trajetória. Veja o que avaliar.

Quais são os caminhos para empreender

Há diferentes caminhos para quem deseja se tornar um empreendedor. O primeiro deles é começar o empreendimento do zero, o que significa montar um plano de negócios sozinho, correr atrás da melhor localização para instalá-lo, além de haver mais dificuldade para fazê-lo engrenar no mercado, já que se trata de uma marca totalmente nova.

A segunda alternativa é adquirir uma franquia, que é considerada mais segura. Isso porque você vai trabalhar com um modelo de negócio que já foi testado e aprovado no mercado, tendo todas as orientações do franqueador sobre como conduzir as operações e fazer a gestão da unidade. Assim, há menos chances de erros e, consequentemente, maior possibilidades de sucesso e lucratividade.

Quando é o momento certo

Na verdade, esse fator é bem particular. Basicamente, se você sente que está pronto para entrar no universo do empreendedorismo, então é um sinal de que é a hora de seguir novos rumos profissionais.

Nesse cenário, é importante ter uma ideia clara de qual atividade pretende trabalhar, se ela vai ser bem aceita no mercado e se dispõe dos recursos necessários para dar início à empresa.

O que considerar

Se você está acostumado com a estabilidade proporcionada pelo seu emprego, saiba que empreender necessariamente envolve riscos. Mesmo que opte por um mercado tido com mais estável e tenha uma boa administração, fatores internos, como as mudanças da economia, podem influenciar sua atividade. Para combater esse problema, é preciso planejar-se sempre.

Quando sair do trabalho para empreender?

Você sente que não tem nenhuma possibilidade de crescer e enfrentar novos desafios na empresa atual? Descubra essa e outras razões que indicam que é a hora de deixar seu trabalho.

Suas ideias nunca são valorizadas

A inovação é um quesito indispensável para garantir a sobrevivência dos negócios a longo prazo. Porém, seu chefe não acredita nisso? Ele não é o único a pensar assim; inclusive, muitos patrões ignoram a inovação, tratando mal aqueles funcionários que sugerem novidades nos processos da companhia.

Ao longo do tempo, essa situação se torna insustentável, sendo necessário buscar um novo lugar para aplicar suas ideias.

Você recebe críticas em público

É claro que todos nós precisamos de críticas construtivas. Uma conversa com um feedback honesto pode trazer à tona aspectos que necessitam de mudanças, mas você nem desconfia.

O problema ocorre quando o chefe faz críticas, que nem sempre são justas, e em público. Isso traz um constrangimento que faz você se sentir desconfortável na organização.

Ninguém reconhece seu esforço

Receber elogios é essencial para motivar a equipe de uma organização. Muitas vezes, com um ‘’obrigado’’, o chefe pode demonstrar gratidão pelo trabalho e resultados obtidos pelos colaboradores.

Aqueles patrões que nunca agradecem e acham que empregado está fazendo somente a sua obrigação indicam que você nunca vai ser reconhecido no seu emprego, o que traz muita frustração profissional.

Você não vê um propósito no seu trabalho

É normal que todos queiram se sentir parte de algo maior. No ambiente de trabalho, é recompensador saber que a realização das suas atividades transforma a vida das pessoas.

Infelizmente, isso não pode não acontecer. Diante dessa situação, provavelmente você sente que o tempo empregado nas suas atividades está sendo desperdiçado. Quem se vê nessa circunstância pode se realizar ao empreender, visto que assim poderá associar seus propósitos à vida profissional.

Falta vontade para ir trabalhar

Por melhor que seja um emprego e por mais benefícios que ele ofereça, os empregados sempre estarão sujeitos a ter momentos de desânimo, que podem ser causados por sobrecarga de trabalho e problemas pessoais (ou até mesmo com os colegas de trabalho).

Todavia, quando os altos e baixos se transformam em uma má fase ininterrupta, o mais aconselhável é deixar esse emprego e descobrir algo que realmente desperte seu interesse.

Como começar a empreender?

Está decidido a abrir o seu próprio negócio? Para que isso aconteça da melhor forma possível, é preciso seguir alguns passos. Entenda como se preparar para esse momento.

Junte dinheiro

Ter um capital financeiro é imprescindível para tirar a ideia de negócio do papel e torná-la realidade. Sendo assim, calcule o quanto você terá que investir para abrir sua empresa, como aquisição do ponto comercial, dos equipamentos para trabalhar, matéria-prima e divulgação da atividade.

A partir da estimativa de custos, passe a economizar até juntar a quantia necessária para começar a empreender.

Pesquise as opções do mercado

Conforme você já viu, pode-se abrir um negócio do zero ou optar por uma franquia. Em primeiro lugar, defina qual é a área em que deseja atuar e posteriormente pesquise se vale mais a pena montar a própria empresa ou trabalhar em parceria com um franqueador.

No setor de franquias, você encontra uma grande variedade de opções, como a franquia de corretora de seguros, que é uma das áreas mais bem-sucedidas da atualidade.

Estude em que investir

Lembre-se de que você vai investir boa parte das suas economias no novo negócio; logo, é necessário estar seguro para evitar prejuízos.

Ao identificar uma área de interesse, estude se o investimento tem chances de trazer bons retornos, em quanto tempo isso pode acontecer, quais são as oportunidades e desafios do mercado.

Faça um planejamento

Traçar todos os passos a serem seguidos é crucial para diminuir as chances de erros e de fracasso. Por isso, construa um bom planejamento do negócio, detalhando todos os passos operacionais, de gestão e financeiros.

De fato, ao empreender, você tem as vantagens de obter mais liberdade, uma vez que vai ser seu próprio chefe, realização profissional, porque trabalhará com o que gosta, e possibilidade de mudar sua vida financeira, pois terá maiores ganhos. Mas isso não significa trabalhar pouco, haja vista que todo empreendedor de sucesso precisa se dedicar arduamente para seu empreendimento deslanchar.

Tem interesse em ser um franqueado? Acompanhe 6 passos para abrir uma franquia!

Você também pode gostar

Deixe um comentário